Novela Guaratubana – 24/06

Hoje damos início a mais uma ideia que tínhamos para o portal. Ainda não da forma que gostaríamos, sabendo que serão poucos os leitores, mas que julgamos necessários. A partir de hoje, sempre na terça ou quarta feira, após a sessão, traremos um resumo comentado da sessão.

Obviamente não queremos tirar o papel do Oliveira e nem plagiamos o projeto dele, até porque temos pontos de vistas meio divergentes.

Parte I – Uns caçam, uns riem e outros somem!!!

Logo na chegada notamos alguns pontos importantes. A casa estava cheia, pessoal do Castel Novo compareceu em peso, alguns secretários, comissionados e algumas figurinhas carimbadas de sempre marcaram presença. Mas quem não apareceu, foram os vereadores Itamar e Tato, quem nem desculpa mandaram pelos seus colegas, como é feito de costume para explicar a ausência.

Começando a sessão, aquele blábláblá de sempre, vereador achando que o trabalho dele é pedir a pavimentação e patrolamento das ruas e chegamos ao primeiro clímax, o fechamento ou o protagonismo de um dos núcleos dessa novela. Feliz e coerentemente o setor jurídico emitiu um parecer sugerindo o arquivamento do processo de cassação da vereadora Professora Paulina, a pedido do chefe do executivo. Gostaria de deixar minha opinião, mas como só trazemos os fatos baseados na lei, deixamos a vocês a avaliação do ato.

Sessão 24\06 – Parte II – Ei você ai, me dá um dinheiro aí

Depois tivemos a votação para liberação do empréstimo de 20 Milhões da prefeitura, solicitado à Caixa Econômica Federal. Algumas coisas são muito curiosas e questionáveis. Hipoteticamente, eu lhe peço R$100,00 emprestados, você me pergunta pra que vou usar e eu digo que vou decidir depois que você me emprestar. Aí eu reforço que se quiser me emprestar R$80, R$60 ou R$70 já ajuda, porque eu não sei o que eu vou fazer, mas que eu quero fazer alguma coisa. Como eu vou pagar eu ainda não sei, mas depois eu vejo isso. Resumindo, foi isso que nosso 1º Secretário disse. E que o vereador, ex presidente reforçou, vamos lembrar quem foi contra e quem foi a favor, porque se não sabem como pagarão essa dívida, nós desconfiamos. É só aumentar um pouquinho o IPTU que dá boa.

Então vamos lembrar mesmo de quem aprovou um projeto para o desenvolvimento da cidade sem planejamento nenhum. Se não existe um planejamento, como chegou-se ao valor de R$20 Milhões. Foi um chute? Uma suposição? Um número aleatório sorteado no CASSINO? O máximo que podemos pedir? Se alguém puder responder, em especial Oliveira, Sergio e Nei, publicaremos a resposta.

Sendo aprovado com apenas 2 votos contra, já que os demais aceitam e aprovam o que lhes mandam, sem se preocupar com as questões acima citadas.

Sessão 24\06 – Parte III – Palavras apenas, palavras pequenas !

Seguindo a sessão, tivemos os vereadores correndo pra aprovar tudo antes do recesso e quem for a favor que se mantenha como estão e todos se mantiveram, simples, fácil e rápido.
Resumindo a fala dos nossos representantes, o vereador Alex parabenizou e defendeu a gestão. Nei falou da Guaratuba que não conhecemos, chamaremos de Alice, pois ele não é o único que fala dessa Guaratuba que não vivemos só ouvimos falar. Falou do trabalho “maravilhoso” de uns e outros. Gabriel começou falando de Alice, mas logo tomou o papel de destaque da oposição, fazendo e falando o que um vereador precisa e deve fazer, que é cobrar melhorias para o município, mais especificamente da Av. Paraná. A Professora Paulina falou do arquivamento (já citado), mas também falou da Audiência Pública sobre a Balsa e acabou falando da cobrança para moradores de Guaratuba, o que felizmente não pode acontecer, a princípio, pois está em lei (Lei Estadual Nº 15.749 – 26/12/2007) a isenção para moradores de Guaratuba e para os moradores de Alice também, uma ida e uma volta por dia, além de que parte do lado de lá, ainda é Guaratuba. O Paulo falou o que sempre fala, falou da Alice e falou da maior besteira que essa gestão poderia fazer, que é a engorda da praia. Que ambientalmente é péssima e que é o famoso “adianta nada” pois em algum tempo, o mar tomará o que é dele.

E para finalizar o episódio de hoje, Oliveira, nosso comentarista preferido da câmara, comentou toda a sessão e pediu para que lembremos quem votou contra e a favor do desenvolvimento do município.

E levantando o questionamento que os moradores do Castel Novo colocaram após
o encerramento da sessão. Onde estão e quem são as pessoas que vendem os lotes em áreas irregulares?

Assista o episódio completo AQUI!

 

Escrito por: OEstuário.org

Data: Junho / 2019

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s